Grupo Folclórico Poveiro

O Grupo Folclórico Poveiro, popularmente conhecido por Rancho Poveiro, fundado e dirigido em Junho de 1936 pelo etnógrafo António Santos Graça, natural da Póvoa de Varzim. O rancho Poveiro, revive as danças e cantares desta praia e os seus elementos envergam trajes de romaria , de branqueta , com cerca de cem anos, já totalmente em desuso, à excepção da camisola dos elementos masculinos.

268-RANCHOPOVEIRO

Varzim Sport Clube

Rua Santos Minho, 28 1°
4490 Póvoa de Varzim
Telefone: 252 622 230
Fax: 252 611 644
WebPage: http://www.varzimsportclube.com 
E-mail:  varzim@varzimsportclube.com

Varzim     215-kit

Real Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários da Póvoa do Varzim

Rua Arquitecto Ventura Terra
4490-478 Póvoa de Varzim
Telefone: 252 291 500
Fax: 252 291 509

bombeiros

Octopus

Associação Cultural com actividades repartidas nas mais diversas áreas culturais: Cineclube Octopus, Projecto Multimédia Experimental Revista “8ITO”, Café Tertúlia, Concertos, Exposições, Poesia. Mostra de cinema semanal. Sede na Póvoa de Varzim.

WebPage: http://octopus.hojenet.pt

Leões da Lapa Futebol Clube

Foi fundada em 1962 , e está inserida no Bairro Sul da cidade. As gentes do bairro revelam um bairrismo incondicional, e promovem grande apoio popular em todas as suas actividades, sendo as suas cores tradicionais o verde e branco. Com diversas actividades desportivas, recreativas e culturais, o verdadeiro coração da Associação são o Rancho Tricanas da Lapa e a Rusga do Sul, que desfila na época de S. Pedro para poveiros e não só.

leoes  212-leoeslapa

Grupo Recreativo de Regufe

Rua do Farol
4490-572 Póvoa de Varzim
Telefone: 252 618 499

Cerca de 20 pessoas fundaram o Grupo Recreativo de Regufe no dia 25 de Abril de 1989.
Na sua constituição foram três os elementos que registaram a associação na conservatória notarial da Póvoa de Varzim: José Acácio Lopes Rodrigues, António Fernando Monteiro Fernandes da Silva e António Adelino Lopes Loureiro.
Esta associação tem por objectivo a promoção cultural, desportiva e recreativa.

Cultura

Em 1968 fundou a rusga de Regufe nas festas de S. Pedro. Esta rusga foi activa até ao ano de 1974, depois de uma paragem de 20 anos retomou a sua actividade no ano de 1994 até ao dias de hoje;

Promove com jovens as danças e cantares populares da Póvoa de Varzim;
Organiza com outras associações teatro de revista e outros;
Organiza com parceiros cursos de pintura, tapetes de arraiolos e informática;
Promove saraus de poesia e lançamento de livros.
Tem em vista a formação de um rancho infantil para promoção das danças e cantares da Póvoa de Varzim.

Desporto

Tem como objectivo a promoção do desporto como forma de incentivo à amizade entre os jovens.
Participa no campeonato de futebol Inter-freguesias da Póvoa de Varzim com três equipas (Infantis, juvenis e seniores
Participa no plano de ténis de mesa da Póvoa de Varzim;
Participa no plano de atletismo da Póvoa de Varzim;
Foi campeão em atletismo no ano de 2002 e no campeonato de futebol Inter-Freguesias nos escalões de infantis e juvenis, tendo, inclusive, ganho o campeonato e a taça da Póvoa de Varzim no mesmo escalão, feito único no campeonato de futebol Inter-Freguesias da Póvoa de Varzim.
Promove acampamentos juvenis, organiza Rally Papper e jogos tradicionais, assim como a corrida de cavalos e galgos.

Clube Recreativo Estrela do Bonfim

Rua do Coelheiro
Telefone: 252 624 147

Cooperativa a “Filantrópica”

Rua da Lapa, 1
4490-533 Póvoa de Varzim
(Entrada pela Rua 31 de Janeiro)
Telefone: 252 624 962
E-mail: filantropica@afilantropica.org
WebPage: http://www.afilantropica.org/main.html

Filantrópica – Cooperativa de Cultura CRL foi fundada por Baptista de Lima em Julho de 1935, tendo origem na Casa dos Operários da Póvoa de Varzim, fundada nos anos 20. Tem por objectivo a realização de actividades culturais e o incentivo à criação artística. Desde a sua fundação, ainda como Casa dos Operários, assumiu-se como associação de carácter social e de filantropia, vertentes que conservou através dos tempos (presentemente traduzidas sobretudo no apoio prestado a outras instituições e na ajuda aos imigrantes a quem são ministradas gratuitamente aulas de língua portuguesa).

Conserva total independência relativamente a partidos políticos ou crenças religiosas. Tem 575 cooperadores e funciona em sede própria, situada no centro da Póvoa de Varzim. É gerida por um grupo de cooperadores (voluntários, sem qualquer remuneração), eleitos democraticamente, por um período de três anos. Vive dos rendimentos dos serviços que presta, de algum mecenato, do trabalho voluntário dos seus cooperadores, da generosidade de muitos amigos e de alguns subsídios atribuídos pela Junta de Freguesia, Câmara Municipal e Governo Civil. Todos os subsídios têm sido aplicados em obras de reconstrução do edifício da sede. Para essas obras contaram ainda com 4.500 contos do PIDDAC, em 2001.

cooperativa filantropica

Clube Naval Povoense

É um dos clubes mais antigos e prestigiados da Póvoa de Varzim , partilhando a sua fortíssima ligação ao Mar a toda a actividade desportiva e de lazer que lhe está associada. Fundado em 1904 , nasceu como agremiação eminentemente desportiva , cultural e bairrista. Tinha por fim promover várias diversões entre os seus associados, principalmente regatas , a natação e o remo , assim como o desenvolvimento físico e intelectual dos associados, mas também criar uma biblioteca um museu e até construir embarcações. Cedo prestou altíssimos serviços à terra na propaganda da nossa praia . Promoveu excursões às principais localidades nortenhas , engalanou a cidade para receber os inúmeros forasteiros em enormes festas na cidade, festas essas que excediam todas as lotações que a cidade oferecia. Organizava as famosas Festas Marítimas que ” … foram alguma coisa de marcante no norte do país pelo desembarque , recepção e desfile dos nossos marinheiros pelas ruas da vila , que um mar de flores cobriu sem interrupção. “(*) Organizou ; regatas, conferencias, espectáculos de teatro e cinematográficos, homenagens, peditórios a favor das vitimas de naufrágios , exposições e até construiu monumentos. Mas também prestou serviços de instrução e benemerência. Nos anos cinquenta, forneceu livros escolares às crianças necessitadas , serviu na sua sede refeições aos pobres pelo Natal e na Páscoa , as quais eram servidas por gentis senhoras da nossa terra. A partir dos anos cinquenta passou a valorizar as actividades náuticas e desportivas . O historial desportivo conta com elevado número de títulos nacionais e regionais, conquistados nas várias modalidades e com inúmeras participações internacionais.  O papel que desempenhou na formação de novos atletas de todas as idades , a organização de vários eventos desportivos que trouxeram à Póvoa todos os anos centenas de participantes nas mais competitivas vertentes, a organização de campeonatos regionais , nacionais e mundiais nas várias modalidades e a representação da cidade e das suas ” gentes ” dentro e fora do país, na participação em inúmeras provas , foram os seus pontos fortes. Hoje são a vela, a pesca desportiva , as actividades subaquáticas e o surf, assim como a formação em cartas de desportistas náuticos, as suas actividades principais. Em 1998, e após treze anos de privação de instalações condignas e definitivas, ocupa as modernas instalações desportivas localizadas no núcleo de recreio do porto da Póvoa de Varzim. Foram estas as condições que permitiram ,uma vez mais, o retomar da organização de provas nacionais e internacionais . Em 1999 , confiou -lhe o Município Poveiro, a gestão operacional da Marina da Póvoa. A sua ocupação foi uma crescente realidade e a rápida divulgação e adesão internacional uma evidência, trazendo inúmeras embarcações estrangeiras à marina. Mantém o Clube Naval Povoense uma participação permanente nos acontecimentos sociais e culturais da cidade , sempre atento e participativo nas grandes decisões da sua vida desta cidade que o envolve e que também o influencia .

(*) Santos Graça (Sócio nº 1 ) Em o Comércio da Póvoa 1954

207-clubenaval2

Clube Desportivo da Póvoa

WebPage: http://www.cdpovoa.pt

O Clube Desportivo da Póvoa é uma instituição sem fins lucrativos fundada em 26 de Dezembro de 1943. Ao longo dos seus 60 anos de história proporcionou a milhares de poveiros – e não só – a prática de modalidades tão diversas como o atletismo, futebol, ténis de mesa, andebol, ténis, hóquei em patins, pesca desportiva, automobilismo, basquetebol, voleibol, patinagem, bilhar e ciclismo. Actualmente, a sua actividade desenvolve-se sob dois pólos fundamentais: as modalidades desportivas e o Complexo de Piscinas.  No primeiro, proporciona a prática desportiva a mais de 400 atletas nas seguintes modalidades: basquetebol, voleibol, hóquei em patins, atletismo e automobilismo.  Pela Piscina Interior passam, semanalmente, cerca de 700 alunos da Escola de Natação e centenas de utentes eventuais em regime livre. No verão, a Piscina Exterior é frequentada por inúmeras pessoas que aproveitam os benefícios da água extraída directamente do mar com banhos de sol amparados do vento. Das instalações do CDP fazem ainda parte a Sede Social (secretaria, auditório e sala de troféus) um Bar e um Pavilhão Gimnodesportivo reconstruído de raiz em 1999.

Centro Desportivo Cultural Barreiros

Central de Camionagem
Rua Comendador Francisco Alves Quintas
4490 Póvoa de Varzim
Telefone: 252 682 483

205-barreiros

Centro de Desporto e Cultura Juve Norte

Foi fundada em 16.12.1986, e está inserida no Bairro Norte da cidade. Tem tradições enraizadas, arrasta consigo grande apoio popular das gentes do seu bairro e as suas cores tradicionais são o azul e amarelo . Além das actividades desportivas , recreativas e culturais , são o Rancho Estrela do Norte e a Rusga do Norte, que se apresenta na época de S. Pedro a toda a Póvoa e visitantes, o seu maior cartão de visita.

204-juve  Juve Norte

Banda Musical

Rua Cidade do Porto, 58
4490 – 506 Póvoa do Varzim
Telemóvel: 963 039 351 | 962 922 941
E-mail: banda_povoa@sapo.pt

A fundação de uma Banda de Música na Póvoa de Varzim data de 12 de Junho de 1864. Manuel Luís Monteiro Júnior fundou a Banda com os escassos elementos que pôde reunir. Das suas posses comprou instrumental e fardas, cuidou do ensino dos artistas e na véspera de S. António, veio a banda formada para a rua, sendo um delírio para toda a população que assistiu á saída da música dos Paços do Concelho . A Banda atravessou o séc. XIX e entrou no séc. XX sem problemas. No final de 1924, por desentendimentos, alguns elementos decidiram abandonar a Banda e deu-se a cisão. Os dissidentes formaram em 01 de Janeiro de 1925 a Sociedade Musical Banda Povoense, mais conhecida por Banda dos Passarinhos. Os restantes continuaram com o Mestre Marta, passando esta Banda a chamar-se Banda Musical a Poveira , ou Banda dos Malhados. Em aceso despique prosseguiram as duas Bandas até 10 de Abril de 1947, data da fusão , constituindo-se uma só Banda. A actual Associação da Banda Musical da Póvoa de Varzim, que por ocasião do seu 50° Aniversário foi agraciada pela Câmara Municipal da Póvoa de Varzim com a Medalha de Ouro de Reconhecimento Poveiro, pelo trabalho desenvolvido e por ser um dos mais prestigiados embaixadores itinerante da Póvoa de Varzim, cuja cultura é divulgada por todo o país.
Actualmente conta com cerca de 60 executantes com uma média de idades a rondar os 22 anos, formados ou em formação na Escola de Música da Banda e na Escola de Música da Póvoa de Varzim, garantindo assim uma qualidade que lhe permite ombrear com as mais qualificadas Bandas do País. Tendo já passado por alguns maestros desde o início da sua história, actualmente este papel é desempenhado por João Vaz. Uma das preocupações mais importantes desta Banda é ser constituída unicamente por músicos da terra, o que não anda muito longe da realidade. Assim sendo, uma das suas principais apostas é o incentivo dos mais novos para o ambiente sadio das bandas filarmónicas. A Banda inicial também se designou Banda do Loureiro, Banda do Marta e Banda Musical dos Bombeiros Voluntários da Póvoa de Varzim.

203-monteirojunior   203-banda1

Associação Desportiva Recreativa Académico de Belém

202-belem

Associação Cultural e Recreativa da Matriz

WebPage: www.associacaodamatriz.no.sapo.pt
WebPage: www.ranchotricanascidral.no.sapo.pt
WebPage: www.cidral.no.sapo.pt

Foi fundada em 02.12.1985, e está inserida no bairro mais velhinho da cidade, o Bairro da Matriz. Os naturais do bairro exprimem um bairrismo sadio e popular, prestando incondicional apoio ás múltiplas e diversas iniciativas promovidas pela Associação cujas cores são o vermelho e branco. Com variadas vertentes desportivas, recreativas e culturais, são o Rancho Tricanas do Cidral e a Rusga da Matriz, que a todos encanta na época de S. Pedro, a alma da Associação.

201-matriz    matriz

Associação Cultural e Desportiva da Mariadeira

Rua do Clube Naval, Bl 8 – Fracção A
4490-563 Póvoa do Varzim
Telefone/Fax: 252 617 641
WebPage: http://acdmariadeira.no.sapo.pt/
E-mail: acdmariadeira@sapo.pt

A Associação Cultural e Desportiva da Mariadeira (A.C.D.M.) foi fundada a 14 de Janeiro de 1984 pela força de vontade de um grupo de pessoas empenhadas em desenvolver do ponto de vista cultural, desportivo e rrecreativo a área da cidade onde residiam. Apesar de ter um percurso marcado por períodos de maior actividade e outros de maior inércia é, no entanto, inegável o impulso que a associação conheceu nos últimos 10 anos. Desde então, tem-se mantido particularmente activa, encetando um caminho que lhe granjeou a referência que é hoje no seio do associativismo poveiro. Senão veja-se: foi a 1ª associação inscrita no RNAJ (Registo Nacional das Associações Juvenis) no âmbito do concelho da Póvoa de Varzim; e conquistou o estatuto de Utilidade Pública devido à sua meritória acção a nível associativo, nomeadamente, em parceria com diversas instituições.
Dois importantes passos que não só valorizam como dotaram de maior responsabilidade a actuação da A.C.D.M.. Actuação essa que no terreno tem assumido vários contornos visando um objectivo central: ser um pólo dinamizador da comunidade em que está inserida. E muito tem sido feito ao longo destes anos.

mariadeira

Associação Comercial

A Associação Comercial da Póvoa de Varzim, foi fundada em 1893, e é evidente a importância desta Instituição que sempre se empenhou na defesa dos legítimos interesses dos seus associados e da cidade . Esta Colectividade , desenvolveu sempre as suas actividades com espírito de franca e leal colaboração, tanto com as outras Instituições locais, como com as Edilidades, que se foram sucedendo ao longo do tempo. As suas instalações estiveram sempre abertas e disponíveis, tanto para iniciativas próprias como alheias, para diversas manifestações culturais, como bailes, encontros e conferências, festas escolares, serões de sócios, exposições, etc. Em 20 de Junho de 1997, alterou o seu nome Para o actual – Associação Comercial e Industrial da Póvoa de Varzim.

148-assoccomercial  148-assoccomercial1  assoc comercial

Copyright © 2012 - 2018 Fresoft